A importância ambiental do Delta do Okavango e seu potencial em hidrocabonetos


Figura 1. Okavango River, Miguel Gomes (2021).


O delta de Okavango é uma das grandes zonas húmidas do planeta, uma enorme mancha composta por canais, lagoas e charcos sazonais (ilustrado na Figura 1. e Figura 2.) que alimentam a vida numa região seriamente árida (Quammen D. 2021).


O delta estende-se na direcção centro e norte/nordeste de Angola ocupando uma área total de cerca de 520.000 km2 as seguintes províncias : Cuando Cubango, Moxico e Lunda-Sul (Miguel Gomes, 2021).


Segundo a Universidade Cuito Cuanavale, o Okavango tem grande potencial turístico e isso pode fazer do Cuando Cubango a capital do ecoturismo de Angola. Embora que Angola é o pais menos desenvolvido em termos de turismos, comparando com os outros paises fronteiros do Okavango nomeadamente: Zâmbia, Namíbia e Botswana (Jornal de Angola, 2017).


Figura 2. Okavango delta, fauna e flora (2021).


O Decreto Presidencial de 27 de Outubro de 2020, aprova a estratégia de exploração de hidrocarbonetos nas zonas protegidas em Angola 2020-2025 (Angop, 2021). A associação EcoAngola e a Fundação Kissama ficaram indignados com essa decisão do governo angolano (Miguel Gomes, 2021).


As duas organizações escreveram para os ministérios envolvidos com o propósito de encorajar o governo angolano a trabalhar com a sociedade civil nas mudanças de leis que permitem ou não a exploração de recursos minerais e petrolíferos em regiões conservação ambiental; e também para que haja uma reflexão e uma melhor compreensão sobre as intenções, os riscos, as medidas de mitigação, os benefícios e consequências a curto, médio e longo prazo, a nível local, regional e global (Miguel Gomes, 2021).


Em 2010 foi iniciado estudo nas Bacias de Kassange e do Okavango um estudo pela agncia nacional de petroleo e gas (ANPG), com a realização de um levantamento aerogravimétrico, que permitiu a definição dos seus limites e a profundidade dos sedimentos, factor importante para aferir a possibilidade de geração de hidrocarbonetos (petróleo bruto e gás natural). Uma area de 520,000 km2 estão compostas por rochas sedimentares e possuem grande potencial de extrair-se petróleo bruto e gás natural. Do total da área existente, apenas cerca de 20 por cento está localizada em áreas protegidas.


A ANGP pretende recolher amostras de rochas, petroleo e gas e fazer estudos avancados em laboratorios, uma vez que e importante conhecer os recursos do nosso pais. A agência acrescenta dizendo que as os trabalhos serão realizados em coordenação com o departamento ministerial responsável pelo ambiente, que deverá aprovar o estudo de impacto ambiental e coordenar a consulta pública assim que forem permitidos.

Países da região, como a Zâmbia, Namíbia e Botswana, já passaram pelo mesmo processo, tendo depois, com toda a segurança e respeito pelo ambiente, realizado os respectivos processos de licitação (Angop, 2021).


Depois de os ministérios relacionados ao caso ouvirem a associacoes ambientais concluiu-se que haverá um estudo de pré-viabilidade ambiental, a ser realizado por uma entidade independente em coordenação com o departamento ministerial responsável pelo ambiente, a fim de de licitar ou não a exploração nas áreas protegidas destas bacias que constituem menos de 20% do seu total (Novo jornal, 2021).

Referências:


Angop (2021);

https://www.angop.ao/noticias/economia/agencia-de-petroleo-gas-avalia-bacias-interiores/


EcoAngola (2021);

https://ecoangola.com/comunicado-sobre-a-situacao-da-exploracao-de-petroleo-e-recursos-minerais-em-areas-de-conservacao-ambiental-em-angola/


Novo jornal (2021);

https://novojornal.co.ao//economia/interior/petroleo-governo-promete-exploracao-de-crude-em-areas-protegidas-com-cuidados-ambientais---ambientalistas-ja-advertiram-que-natureza-vai-ser-negativamente-afectada-100478.html


David Quammen (2021); National Geographic;

https://nationalgeographic.sapo.pt/natureza/grandes-reportagens/1727-missao-para-salvar-o-delta-do-okavango-em-africa


Okavango Delta (2021)

https://www.okavango.com/information-okavango-delta.php


Miguel Gomes (2021); Jornal de angola;

https://jornaldeangola.ao/ao/noticias/acesso-as-bacias-interiores-de-etosha-okavango-em-concurso/


Jornal de Angola (2017);

https://www.jornaldeangola.ao/ao/noticias/detalhes.php?id=389876

3 views0 comments